terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Looks do Grammy

A noite que consagrou Adele e Foo Fighters [<3] como os melhores de 2011 não teve grandes novidades no quesito "passagem pelo tapete vermelho". Confesso que fiquei triste por não ter muitas bizarrices para gongar. Sinto falta de quando as celebridades saiam de casa com um único intuito: causar. Mas enfim, vamos ver o que temos para hoje:

As comuns:
São aquelas que nunca erram, mas também nunca acertam em cheio. Alguns chamam de clássicas e eu chamo de sem graça. Cade a coragem de ousar? E quando eu digo ousar, não é sair fazendo cosplay de palhaço e sim mudar de cara um pouco. Essas mulheres que estão sempre iguais me cansam.

Elegante num Armani preto. E só.
Mais um preto comum, assinado pelo Alexandre Vauthier. Num escritório funcionaria melhor.
    Acho a Gwyneth linda. Mas esse Stela McCartney apagou a moça.
Me desculpem, mas não consigo reparar roupa nenhuma na Taylor SwiftZzZzZ. No caso nem é no Zuhair Murad o problema e sim nela. Ela está sempre igual. Menina sem graça.
Katy com esse Elie Saab tá muito mamãe Smurf. Achei a cauda exagerada.

As cagadas:
Essas perderam a mão na hora de ousar. Existe uma linha tênue que separa o diferente do ridículo.

Nossa Robyn que animação. E essa roupa? E esse sapato? Spice Girls pediram o figurino do  réveillon de 95 de volta.
Fiquei muito tempo pensando em que categoria colocar a Amber e seu Versace. E no fim  estava odiando tudo. Eu não gosto de amarelo, tenho preguiça de perninha forçando a fenda e abominei esse batom que não combinou com nada. Fora essa manga/babado escroto.
Esqueceram de avisar a Fergie que renda transparente + hot pant é so last season.  Não curti essa cor. Ah, isso aí é do Jean Paul Gaultier.
Minha querida, você namora o Adam Levine, é uma top model, namora o Adam Levine, é uma angel da Victoria, namora o Adam Levine, é bonita e namora o Adam levine. Não precisava dessa produção creyça indo pro baile funk.

As divas:
Para mim, elas acertaram em cheio. E vale dizer que talvez eu nem usasse a peça mas sei que nelas ficou divino.

Essa Rihanna só me dá trabalho. Fiquei desde que ao vivo no Grammy até agora para decidir se gostei ou não. Agora eu estou amando, mas posso mudar de ideia. Esse Armani vestiu muito bem no corpo e a make suave com os acessórios discretos casaram perfeitamente. Eu só fecharia um pouco o decote porque na foto deu a impressão de peito muchiba. Quanto ao cabelo eu nem comento, porque odiei para sempre essa cor nela.

É difícil eu gostar de uma roupa em grávida. E imagino que deva ser um saco escolher roupa com uma barriga gigante. Gostei desse longo esvoaçante e apesar de não ser fã de estampas esta está bem discreta. Tá linda.
Não sei explicar mas achei que esse Tony Ward foi feito para a Kelly. E esse cabelo lavanda está melhor que aquele cinza  tosco. Tá diva.


E para finalizar, close em duas coisas que eu adorei e queria muito saber fazer igual:

Adele me irrita com os delineados perfeitos que ela usa. Essa make tá linda.

Um dia eu aprendo a fazer esse penteado. Acho tão bonito.

Apenas para lembrar que todas as opiniões acima são pessoais, eu não sou especialista em moda e não quero ensinar nada para ninguém. E chega de papo, né?

See ya!
Aproveita e clica aqui para curtir o Fashion Killer C.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Taylor Swift sem graça... FINALMENTE ALGUÉM CONCORDA COMIGO

    ResponderExcluir
  2. Vai na julia petit que tem turtorial do topete

    ResponderExcluir

Comente!