terça-feira, 3 de abril de 2012

Viagem ao Peru - Huaraz

Continuando nossa viagem, fizemos um roteiro que infelizmente não é tão conhecido dos turistas que muitas vezes vão ao Peru apenas para conhecer Machu Picchu. Subimos em direção ao norte e paramos na pequena Huaraz.

Huaraz
A cidade fica a 420km de Lima e a mais de 3 mil metros acima do nível do mar. É cercada pelas cordilheiras negra (floresta e pedras) e branca (gelo e neve). As atrações naturais são belíssimas, porém não aconselho para quem não gosta de andar MUITO.  Para conhecer todos os pontos de interesse o ideal é ficar pelo menos 2 semanas na cidade e tirar as primeiras 24 horas para aclimatação com a altitude. Como eu nunca tenho tempo para isso, vou conhecendo um pouquinho a cada ano.
Para chegar lá a única opção é ônibus. Recomendo a empresa Cruz del Sur que apesar de ser um pouco mais cara, é bastante segura e tem como público alvo os turistas estrangeiros.

Arrumando a mala -




Por ser uma "cidade alta", nunca faz calor por lá. O máximo é um tempinho fresco que dá para ficar de casaquinho. Esse ano eu peguei um frio absurdo por lá, tanto que até rolou uma neve fina. Então não deixe de levar calça jeans, um bom casaco e manteiga de cacau (a boca fica bastante seca por causa do frio + vento). Para as caminhadas, uma calça leve, um tênis apropriado e um anorak (abrigo para chuva impermeável) são indispensáveis. Essas coisas são um pouco caras, então eu adaptei e ao invés de comprar o anorak eu comprei uma capa daquelas amarelas de chuva. a mochila também ajuda bastante para levar comida, água, máquina fotográfica e o protetor solar.

Dica de hospedagem - Olaza's Bed and Breakfast
De todos os albergues que eu fiquei em todos os locais que já visitei, esse para mim é o melhor. O lugar é bonito, extremamente limpo e tem uma vista linda do terraço. O café da manhã é um banquete comparado com as outras hospedagens, a cama é grande e confortável e a água do chuveiro é quentinha. Nós pagamos 70 soles (+ou- 45 reais) na diária do quarto de casal privado.


Dicas de Passeios
Eu indico TODOS os trekkings que existem em Huaraz. Existe uma caminhada de 6 dias que uma galera vai com um guia, acampando pelo caminho e conhecendo todas as lagunas do parque Huascarán. Mas, caso não haja tempo existem as opções de "one day hike".

Quebrada Llanganuco
É um ótimo passeio para se fazer antes de uma caminhada mais pesada. A aclimatação na altitude é fundamental. Não há necessidade de caminhar muito. Uma van leva a galera até a laguna Llanganuco e por lá os turistas podem caminhar no seu entorno, observar a vegetação e comer algumas comidinhas peruanas. Recomendo o Choclo com Queso que apesar de feio é muito delicioso. Depois da laguna o guia nos leva para o Campo Santo de Yungay, uma cidade destruída por uma avalanche em 1970. Bem interessante as histórias e o visual.



Nevado Pastoruri
É um bom passeio para testar o fôlego. É uma caminha relativamente leve, de 45 minutos. Relativamente porque a altitude máxima é de 5.200m e caminhar se torna bem cansativo. Além do nevado, podemos ver outras paisagens lindas, uma fonte de água gaseificada, bromélias gigantes e etc. Qualquer agência faz esse tour por 35 soles (+ou- 20 reais). O glaciar já não é tão grande quanto antigamente por causa do aquecimento global, portanto quem tiver curiosidade em conhecer que o faça logo! E não se esqueçam do casaco.


Laguna Churup
Esse trekking é bem mais complicado. São cerca de 17km (ida e volta) com vários tipos de solo e desníveis. Mas a paisagem ao longo do caminho é  bem interessante e a laguna tem uma cor espetacular. Esse passeio pode ser feito com um taxi + guia e fica por 75 soles (+ou- 50 reais) com lanche incluso.



Laguna 69
Esse passeio é minha paixão e eu pretendo fazê-lo novamente em Julho (verão na região) só para nadar no lago. A caminhada também é bem pesada (19km ida e volta) mas é só ir com calma que uma hora chega. A paisagem no caminho é alucinante e dá vontade de morar lá para sempre (pelo menos eu fiquei). Eu contratei uma agência - a Galaxia - porque é bem complicado chegar no local sozinho, principalmente para quem não tem muita experiência em trekkings. Paguei 40 dólares com transporte, guia e comidinhas. O único problema é acordar as 5 da manhã, porque a van passa no hostel às 5:30.



É isso..

See ya!

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Quanto lugar lindo!
    Tenho vontade de viajar a américa do sul inteira, um dia ainda vou em Huaraz.
    Apaixonei nas fotos da Laguna 69, muito lindo.

    ResponderExcluir
  2. Me apaixonei! Adoro esse lugares que tem histórias para contar, e a paisagem deve ser de tirar o fôlego!

    ResponderExcluir
  3. Acho lindo quem tem cabelo bem vermelho assim, destaca, dá a impressão da pessoa ter a personalidade forte (realmente tem, porque não é todo mundo que tem essa coragem) Eu gostaria de ter o cabelo assim, mas né, dificil sair do preto :( E já sofro com cabelo desbotando, imagina no vermelho auhshusa, lindo teu cabelo, bjo.

    ResponderExcluir

Comente!