domingo, 1 de abril de 2012

Viagem ao Peru - Lima

Depois de viagens, problemas e mais viagens, estou de volta!
Vou resumir para vocês a minha viagem ao Peru apenas para fins informativos. Não sei se alguém aí tem vontade de conhecer o país, mas garanto que vale muito a pena!
Vale ressaltar que uma viagem como essa não tem nada a ver com férias em N.Y, Londres ou Paris. O Peru é um país monetariamente pobre porém riquíssimo em cultura, história e paisagens fantásticas. Salto e maquiagem na bagagem nem pensar. O look do dia lá é sempre tênis, jeans ou roupa de caminhada. Então, vamos lá:

Lima
Além de ser a capital, a cidade é a maior e mais populosa do país. Para mim não tem nada de muito interessante por ser uma metrópole padrão, com exceção do pôr do sol no oceano pacífico, que é fora de série. Portanto, dois dias na cidade já são mais que suficientes para explorar as áreas de interesse - Miraflores/Barranco e o Centro Histórico.

Arrumando a Mala -



Por ser uma cidade infernalmente quente, não deixe de levar short e camisetas leves. Um tênis (ou outro sapato confortável) é essencial para as caminhadas, compras e etc. Eu levei dois tênis all star porque não me importo em usá-los em uma eventual balada. Óculos de sol e protetor sempre. Como eu sou mão-de-vaca compro um mais barato para o corpo e um oil free para o rosto.

Dica de Hospedagem - Pariwana Hostel 
Esse albergue foi nossa salvação em Lima. Tínhamos reservas no Loki há mais de três meses e ao chegar lá, surpresa! Eles não tinham nosso quarto e ainda fizeram pouco caso dizendo que não poderiam fazer nada e que poderíamos dormir no sofá até o outro dia para esperar uma cama vagar. Achei uma irresponsabilidade e falta de tato sem tamanho por estarem lidando com estrangeiros que não conhecem a cidade e muitas vezes não dominam a língua local. No ano anterior eles também cancelaram minha reserva em Cusco sem explicações e me deixaram na rua. Por isso eu NÃO recomendo essa rede de albergues.
Nos dirigimos então ao Pariwana (isso já quase 2 da manhã) que nos recebeu muito bem e no fim das contas foi muito melhor pela localização privilegiada. Quem curte andar pode fazer tudo a pé. E o preço é bem razoável para a qualidade do serviço e da infra-estrutura. Pagamos 90 soles (+ou- 60 reais) por um quarto privado com cama de casal e banheiro. Saímos bem satisfeitos. :)

1 - O Albergue ao fundo/ 2 e 3 - Vistas da janela (Entrada do parque e comércio).


Dicas de passeios - Miraflores
É o bairro nobre de Lima e o mais indicado para hospedagem. Lá encontram-se mercados, restaurantes, lojas de todos os tipos, praças e o famoso shopping LarcoMar. Além disso a costa é belíssima e vale muito a pena passear por lá e para na Plaza del Amor para ver o por do sol. É um pouco mais "caro" que o resto da cidade e grande parte do país. Entre aspas porque nada por lá é realmente caro.
Eu adoro andar, conversar com pessoas diferentes, conhecer as ruas e o comércio e comprar presentes. Por isso gastei um dia inteiro só na região.



Centro Histórico
Minha passagem por lá foi bem rápida. Visitei a Plaza Mayor, onde estão instalados o prédio do Governo e a Catedral. Por ali existem vários restaurantes que oferecem comida típica peruana além de comércio. É uma boa oportunidade para quem quer comer um Ceviche por um preço justo.
Andando uns 10 minutos a pé chega-se ao Barrio Chino ou China Town, que sinceramente acho uma perda de tempo. É muito bagunçado e não achei nada de interessante por lá :(



No próximo post eu conto sobre as outras cidades que visitamos!

See ya!

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Que irado, Cicy!
    Vou juntar as moedinhas pra viajar assim também! :D

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. A culinária peruana é bem variada e famosa no mundo inteiro. Eu sofri um pouco para comer porque quase tudo leva muita pimenta e eu sou alérgica. Mas eles tem pratos muito gostosos tipo o Lomo Saltado ou o Ceviche. E o melhor: tudo muito barato. :D

      Excluir
  3. Adorei, Cicy!!
    Estou me organizando pra fazer esta viagem.
    :*

    ResponderExcluir

Comente!