terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Cabeça feita

Eu já contei para vocês que estou de cabelo curto, lembram? Toda vez que eu fico "cabelinha" meu interesse por adereços de cabeça cresce muito. Eu sempre uso tiaras, tic tac ou grampinhos para dar uma graça ao visual. Hoje, por acaso, estava separando umas coisas para doar e resolvi provar uns chapéus antigos que achei por aqui. Meu pai é quase um colecionador de chapéu, ele tem vários modelos diferentes e me explicou algumas peculiaridades de cada um.
Para mim chapéu é chapéu e pronto mas como informação nunca é demais, vou compartilhar com vocês algumas coisas que aprendi sobre o assunto.

1) Chapéu Panamá


Panamá foi o nome dado aos chapéus de palha produzidos no Equador e na verdade não se trata de um único modelo. Mas, popularmente chamamos de chapéu panamá o modelo de copa alta com uma leve depressão e aba reta, envolto por uma fita. A aba pode ser média ou curta e o encaixe é médio não devendo a cabeça encostar no fundo da copa.

2) Chapéu Fedora


Esse modelo também é conhecido como "chapéu da máfia" porque Al Capone era um usuário fiel. A modelagem é bem parecida com o Fedora apenas com um detalhe na aba, que é sempre curta e virada para cima na lateral. O encaixe é médio.

3) Chapéu Bowler


Eternizado por Chaplin, o modelo pode ter variações na altura da copa que deve ser média ou alta mas sempre arredondada. A aba é curta e curvada para cima. O encaixe do bowler é raso não devendo a aba ficar acima da testa.

4) Chapéu Cloche


O modelo surgiu nos anos 20 como um chapéu para se usar durante o dia em atividades informais. Hoje o modelo é considerado uma peça invernal por ser produzido quase sempre em feltro. A copa pode ser média ou curta e as abas caídas. O encaixe é fundo devendo a copa se ajustar a cabeça.

5) Chapéu Floppy


Popular na década de 70 o modelo floppy ganhou sua versão brasileira em palha e é comum nas praias durante o verão. A modelagem conta com uma copa média arredondada e abas longas com a estrutura sempre em material maleável. O encaixe é fundo com a copa ajustada à cabeça.

Existem vários outros modelos, mas esses são os mais comuns e mais usáveis na vida real. Eu nunca dei muita atenção para chapéu,  mas ultimamente está rolando o desejo de adquirir um. Com certeza não vai ser uma peça que vou usar sempre mas acho que vale a pena ter um no armário mesmo que só para os dias de sol escaldante do Rio de Janeiro.
E vocês, curtem algum modelo?

See ya!

Meninas, não se esqueçam que amanhã é o dia que eu vou recolher as doações para a ação de natal aqui do blog!!!


Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Cicy, cada chapéu desse é específico pra cada formato do rosto ou não? Meu rosto é super redondo e eu adorei o Bowler, mas não sei se ficaria bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que isso de formato de rosto não existe. Cada um deve usar o que acha melhor! :)

      Excluir
  2. Eu curto o modelo fedora - ganhei um em lã, opção perfeita para aquecer a cabeça no frio que faz aqui no sul. Mas estou tri a fim de um Panamá para o verão.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho lindo demais o Panamá mas não combina em nada com as roupas que eu uso.´Já o Bowler eu não consigo gostar na vida real pq sempre ligo ele a Laranja Mecânica. Mas quem tem estilo consegue usar qualquer coisa ne?

    ResponderExcluir
  4. Estive em NY há duas semanas e reparei que chapéu lá é acessório obrigatório para o frio que faz no inverno. Algumas mulheres ainda optam por gorros toscos mas a maioria estava com um belo chapéu de feltro. Os que mais vi foi o modelo floppy e achei as produções incríveis. Aqui no Brasil não vejo muita utilidade porque moro em SP e nem praia tem. :/

    ResponderExcluir
  5. Chapéu, bolsas e vestidos são meus vícios de consumo!

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho um cloche antigo e lindo e agora tô MALUCA por um bolwer <3

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente? Não curto nem um pouco, só na praia se muito. Olha esse da Kim Kardashian que cocô!

    ResponderExcluir
  8. Acho lindos os cloche pra looks invernais, são chiquérrimos! E queria ficar bem usando Panamás também... tenho um floppy pra usar na praia, em palha, porque ele faz bastante sombra, ainda assim não tenho uma cara muito estilosa pra usar chapéu! hehehe

    Sofia

    ResponderExcluir

Comente!