quinta-feira, 23 de maio de 2013

Vestindo bem, que mal tem?

O post de hoje é especial para mim por um motivo: eu adoro festas mas odeio me arrumar para elas. Eu tenho um sério problema com "roupa de festa" porque, além do preço, acho a maioria cafona. Lembro que na minha formatura da escola eu fiz uma peregrinação atrás de um vestido que fosse a minha cara e não encontrei nada. No final acabei com um longo preto sem nenhuma firula. Hoje em dia está um pouco mais fácil porque as "fast fashion" oferecem diversas opções de vestidos de noite por um preço bem mais camarada.
Um pouco dessa dificuldade em me arrumar para ocasiões especiais vem da sensação da perda de identidade. Claro que em determinadas ocasiões nós temos que abrir mão de algumas preferências - eu por exemplo detesto salto alto - mas eu não gosto de me olhar no espelho e não me reconhecer. No meu armário não existe nenhum vestido de festa longo e se um dia eu precisar impreterivelmente de um, provavelmente vou alugar. Mas como eu sou um ser sociável, criei um meio termo para situações em que eu preciso me montar:  os "cocktail dresses". Eles são aquelas "roupas arrumadinhas" que todo mundo deve ter no armário para situações de formalidade. Eu amo os meus vestidos e eles já me salvaram em várias ocasiões (aniversários, casamentos e até um festão no Copacabana Palace) e eu só precisei coordenar os acessórios de acordo com a impressão que eu queria causar.
O look de hoje foi montado para uma festa que começava no fim da tarde e terminava à noite. Esse tipo de ocasião é ainda mais dramática porque quando você chega no lugar ainda existe sol, então uma produção mais elaborada ou uma maquiagem carregada podem exalar cafonice. Por isso, eu escolhi um vestido de renda - presente de mamãe - com acessórios sóbrios porém com marcas do meu estilo pessoal.


Esse vestido já está na lista dos meus favoritos porque, além de ser confortável, me dá total liberdade de movimentos. Eu abomino aqueles shapes muito justos que mal permitem a respiração. O sapato, apesar de mega alto, é confortável na medida do possível e a maxi clutch é do tamanho ideal para eu carregar minhas tralhas - odeio bolsinha que não cabe nem o telefone-.


Vestido - Umbrale (Chile)
Sapato - Corello
Clutch - F.K Store (a lojinha do blog!)

E aí, gostaram?

See ya!

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Luciana Tazinazzo Figueira23 de maio de 2013 15:15

    Cicy, você está linda! Não sei olhando com lupa, mas seu cabelo parece bem melhor, quase perfeito! Conseguiu dar um jeito depois do desastre do descolorante? Se você não tivesse feito aquele post, eu jamais imaginaria que você tinha passado por um apuro daqueles, porque cada fio parece no exato lugar, parabéns =*

    ResponderExcluir
  2. Esse sapato essa clutch são lindos demais!!
    E por que só agora eu descobri que o blog tem uma lonjinha??? O.O

    ResponderExcluir
  3. Você está LINDA, super bem arrumada e ainda assim estilosa. Eu não entendo essas blogueiras que cada dia está vestida de um jeito, totalmente sem personalidade. Acho que a moda antes de qualquer coisa é a personalidade de cada um.

    ResponderExcluir
  4. Sei bem como é ter que se arrumar e se sentir uma estranha. Eu evito ir em eventos para não ter que usar vestido e salto :(
    Mas você está linda :*

    ResponderExcluir
  5. Eu sou exatamente como você, pior, não sei andar de salto.. : /
    Sempre tenho que me virar com sapatilhas mais "arrumadinhas", achei a proposta do look muito boa, principalmente os acessórios porém o vestido me deu a impressão de ser informal demais (desculpe).....

    ResponderExcluir
  6. Porque eu não divulguei pelo blog, só pela fã page! hehe
    Ainda faltam alguns produtos, por isso não falei por aqui ainda ;)

    ResponderExcluir
  7. Está um pouco melhor, mas dá para disfarçar um pouco com ele seco e com óleo de argan. Mas ao vivo está bem pior que na foto :(

    ResponderExcluir
  8. Diva! Vestindo lindo, clutch linda e sapato tombante <3

    ResponderExcluir

Comente!