quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Guia Rock in Rio 2013

O Rock in Rio está chegando: sexta, dia 13, começam os primeiros shows do festival. Por um lado, eu estou super animada para ver o show do "The Offspring", que eu espero desde muito tempo, e rever o "Metallica", que figura na lista de melhores shows que eu já fui. Mas também fico com preguiça só lembrar a maratona da edição passada: ruas lotadas, ônibus lotados, sol, calor, multidão, chuva e dificuldade de voltar para casa. Deixando minha velhice de lado, vou deixar aqui algumas dicas importantes para quem quiser curtir o Rock in Rio com o mínimo de estresse possível. Então pega uma caneta e anota tudo!

1- Quem vem de fora talvez não saiba que é impossível chegar a "Cidade do Rock" de carro. Se você estiver cogitando pegar um táxi, esqueça também. As ruas em volta da estrutura ficam fechadas e o congestionamento começa de manhã e não termina nunca. A única opção que realmente vale a pena é o bom e velho ônibus. Não importa em qual lugar do Rio você estará, pegue um buzão. Estarão disponíveis as linhas regulares que farão o trajeto até o terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, de onde sairão os circulares para o evento. Quem precisar de mais informações pode clicar aqui e ir direto para o site Vá de Ônibus.

2- Os portões abrem as 14 horas e todo mundo acaba entrando junto porque são grandes estruturas para escoar a fila. Conhecem a expressão "bololô"? Pois é isso que acontece. Portanto, não vale a pena chegar lá de madrugada ou qualquer minuto antes da abertura porque o fulano que chegou na hora marcada vai entrar junto com você. E, além do desgaste, você evita tostar no sol e inalar o cheiro do esgoto que circula a "Cidade do Rock".

3- Na edição passada, para sair da "Cidade do Rock", era necessário um Rio Card especial (um cartão de ônibus) que era vendido em guichês do lado de fora da estrutura. Pelo que eu entendi, esse ano será igual. Compre o seu card assim que chegar por lá, antes de entrar no evento. Na hora da saída fica impossível, as filas ficam enormes e você provavelmente vai mofar por lá morrendo de dor nas pernas.

4- Itens de primeira necessidade: protetor solar (dos bons) e óculos de sol. Metade do festival acontece sob a luz do sol, então nem preciso explicar. Leve dinheiro em espécie e trocado para comprar comida, cerveja, água e qualquer outra coisa porque os vendedores que circulam entre a galera nunca tem troco. Caso contrário você terá que enfrentar longas filas nos quiosques que aceitam cartão e ainda corre o risco do sistema está fora do ar. Esse ano liberaram a entrada de alimentos, então deixe uma maçã ou uma barra de cereais na bolsa para momentos de fome emergencial.

5- Apesar de ser um evento fechado, furtos acontecem aos montes lá dentro. Então não seja juvenil deixando dinheiro ou celular no bolso de trás da calça porque certamente eles irão sumir. Vigie suas coisas como se não houvesse amanhã.

6- Sobre o vestuário, faça um favor a você mesmo: use o que tiver de mais confortável no seu armário. Nada de salto alto, saia ou vestidos curtos, calças apertadas ou qualquer outra coisa que tire sua liberdade. O chão é de grama sintética, lá venta bastante, as coisas são longes e você vai precisar andar para ir ao banheiro ou apenas sentar para descansar além da maratona de mais de 12 horas no meio da multidão. Ninguém precisa que uma má escolha do que vestir atrapalhe a diversão. E quanto as bolas femininas, usem mochilinhas ou bolsas transpassadas, tudo com zíper. Nada de bolsas de mão ou bolsas abertas, ou você quer facilitar a vida dos ladrões?  Para as indecisas, separei muitas inspirações do que usar nos dias de show:


Se eu pudesse escolher um look ideal para o Rock in Rio, seria: jeans (short ou calça), camiseta e um sapato confortável (tênis ou botinha). Evite ir de sapatilha porque depois de muitas horas em pé, os pés incham e o sapato começa a machucar. Além disso, durante os shows muitos pisões são distribuídos e sapatilha não é algo que proteja muito de pisões doloridos. Sapato aberto também não é uma boa opção e salto alto de jeito algum. Se for fino então, você não vai conseguir nem andar.


Chapéu é uma boa opção para quem tem a pele sensível ao sol. A estrutura quase não possui pontos de sombra e é possível sentir as radiações tostando nossa cútis. Além disso, um chapeuzinho é super charmoso. As friorentas podem levar um cardigã ou uma jaquetinha na bolsa para a noite, que pode dar uma esfriada. Como é um campo aberto, costuma ventar bastante. Uma capa de chuva por garantia também é um bom investimento.


E por fim, camisetas de banda não podem faltar. Porque não aproveitar a vibe musical para homenagear nossos ídolos? Acho válido até ir estampada de uma banda que não vá tocar mas tenha a ver com o estilo do dia, só não use camisetas de bandas que você não conhece, nem no Rock in Rio nem em lugar nenhum.
De resto, cada um se vira dentro do seu estilo pessoal. Espero me divertir tanto quando na ultima edição e quem sabe a gente não se encontra por lá?

See ya!

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Ano passada eu fui furtada durante o show da Shakira :( Rasgaram o bolso do meu short e roubaram meu riocard e meu dinheiro. Sorte que a identidade estava na bolsa da minha amiga. O pior é que devem ter usado um estilete e poderiam ter me machucado. É bom tomar cuidado até com bolsa fina porque podem usar o mesmo método. É desanimador pagar caro por um evento onde você não se sente seguro. Esse ano eu não vou por isso. Mas boa diversão para você. :*

    ResponderExcluir
  2. Cicy, post massa! Passei pra galhera!!
    Ah, Riachuello tá com coleção maneira de camisetas de banda. Catei uma regatinha Mickey/Kiss ontem super divertida! ;) Pena que não vou usar ela no RIR, nem vou! eheheheheh

    ResponderExcluir
  3. RAPAZ que tenso hein! Sempre escolho bolsas com ziper, pra dar uma "dificultada", tem umas de lateral que tem só botãozinho =(


    E aqueles "porta documentos" são cafonas mas ajudam, sempre levo em shows. Fica escondidinho na cintura.

    ResponderExcluir
  4. Sobre o transporte, no último eu cheguei atrasada (umas 14, 15h) na alvorada (rodoviária da barra de onde os ônibus estavam saindo) e as filas doss ônibus que iam pra lá estavam IMENSAS! Sério, acho que se eu pegasse aquela fila eu não chegaria antes do anoitecer no show. A minha salvação foi o mototáxi. Me deixaram quase na porta em 10 minutos, então fica a dica ;)

    ResponderExcluir
  5. amei ! pena que não posso ir mais posso muito bem assistir bonita assim no sofá de casa? nénão?

    http://gabieomundosecreto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente!