terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Kit sobrevivência para o verão

Ah, as férias... fazia tempo que eu não tirava um tempo para mim, daqueles que a gente esquece do mundo e some por uns dias. Tudo bem que meu tempo foi curto, mas valeu a pena. Eu e meu noivo conseguimos cinco dias off e decidimos ir para Búzios. Os planos estavam correndo bem até eu me lembrar que ir para a praia não é tão simples quando somos brancos demais e temos química no cabelo - no meu caso descoloração e tintura-.
Há muitos anos atrás eu passei uns dias na piscina com minha família e me recordo te ter voltado para casa semi loira, com o cabelo pior que bombril. Eu não queria que isso acontecesse de novo, apesar de ser quase inevitável já que sal e sol são grandes vilões para nossos fios. Sem contar minha pele, que é ultra sensível e fica vermelha com qualquer cinco minutos de exposição. Então, eu montei meu kit sobrevivência para o verão e voltei com o cabelo quase tão bom quanto fui. A pele sofreu um pouco mais, mas ficou menos pior do que eu imaginei. Agora vou contar para vocês como eu consegui sobreviver a cinco dias intensos de sol e mar.


1- Protetor fator 50 - item básico e indispensável, não só para quem é branquelo mas para qualquer um que vai se expor muito ao sol. Eu não tinha um horário fixo para ir para a praia então em alguns dias eu peguei o tal sol de meio dia, que é péssimo para pele. Para piorar a situação, eu tenho algumas tatuagens. O protetor ajudou bastante mas mesmo assim eu fiquei bem vermelha. Imagina se eu não tivesse usado? É importante lembrar de sempre reaplicar o produto, principalmente depois de ir na água. Meu protetor facial também é fator 50, só que eu esqueci de colocar na foto. Eu uso o da Neutrogena oil free para evitar espinhas. Eu fiquei a maior parte do tempo em baixo do guarda sol, mas quando saia dele eu usava o boné do meu noivo para evitar sol direto no rosto.

2- Gel desincrustante La Roche Posay - a minha pele não é muito oleosa, mas no verão é um Deus nos acuda. Acho que por causa do suor excessivo, as espinhas costumam aparecer. Quando eu vou para a praia é pior ainda... tenho a impressão de que o protetor entope os poros e tudo vira inhaca. Então, todos os dias no banho eu lavava a pele com esse gel poderoso. Ele limpa profundamente e deixa uma sensação de frescor. Aprovadíssimo para o pós praia.

3- Água termal Avene - como eu disse anteriormente, minha pele é sensível e fica vermelha só de olhar. Uma amiga tinha me indicado a água termal para ajudar na cicatrização pós depilação e confesso que no começo eu achei uma frescura sem tamanho. Acabei comprando por desespero de causa e curti. Descobri que nos dias de praia ela pode ser muito útil para dar uma acalmada durante a exposição no sol e depois para refrescar as áreas mais tostadas.

4- Manteiga corporal Victoria's Secret - hidratante é item obrigatório na necessaire de praia, todo mundo sabe. Como eu sabia que ia torrar, preferi levar essa manteiga que é bem mais poderosa que o hidratante comum. Dá para sentir a diferença na intensidade da hidratação logo na primeira passada. E o cheirinho que fica é bem gostosinho para dormir. Se não fosse por ela, agora eu seria uma barata descascada.

5- Morrocanoil - esse treco serve para tudo e foi meu trunfo para não desbotar meu cabelo. Eu fazia assim: passava um pouco ao chegar na praia. Depois de nada no mar eu lavava o cabelo com água doce -levei uma garrafa pet porque não tinha chuveiro na praia -, passava uma camada novamente e penteava devagar o cabelo. O óleo serviu como uma capa protetora e a água doce tirou todo o sal que abria as escamas. Minha cor desbotou quase nada. Quem pinta o cabelo sabe que isso é um milagre divino!

6- Máscara sleek and shine Keune - eu ainda vou fazer uma resenha dessa maravilha, mas ela foi essencial para meu cabelo não virar uma palha. Essa máscara é ultra potente e só é para ser usada em casos extremos. Como eu voltava da praia com o cabelo seco, mesmo com o óleo de argan, acabei usando todo o dia. Juro que meu cabelo voltou mais hidratado do que antes.

Além disso, só muita água -e uma eventual caipirinha- para hidratar. Sem mistério e sem drama. Claro que todos os produtos podem ser substituídos por outros equivalentes da preferência de vocês. Agora é só anotar as dicas e curtir a praia!

See ya!

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Meu cabelo é totalmente diferente do seu, é cacheado e virgem. Mas eu sempre uso argan quando vou para a praia e dá uma boa segurada na hidratação. Quando eu esqueço fica igual bombril mesmo :(

    ResponderExcluir
  2. Cicy de deoooz! Ano passado passei moroccanoil só nas pontas do cabelo e quase morri de susto quando percebi que as pontas tava ficando mais claras por conta do sol! (meu cabelo é castanho, mas se eu "espirrar" ele clareia!!! rs) Agora só uso a noitinha, quando chego da praia...e tmb pq eu adoro o cheirinho dele.
    Meu protetor solar bff é o da neutrogena, fator 30 mesmo, segurou a onda da minha brancura, e agora vou comprar o spray pra passar na região da testa/orelha, pq com o cabelo fininho essa parte queima muito (qdo não tô fazendo a madame de chapéu eheheh).
    Faltou protetor labial aí hein, não pode esquecer! ;)

    ResponderExcluir
  3. Ah, mentira!!! Que louco isso. No meu picumã foi a única coisa que segurou a cor. Mas também não fiquei tostando no sol com ele para testar se clareia ou não... fiquei pouco no sol.
    E o protetor labial nem usei. Sou novata em praia, faziam anos que não pisava na areia! hahah :X

    ResponderExcluir

Comente!